segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Névoa


a névoa tirou o brilho
de outro sono perdido
evaporado pela mente
escaldante e consciente

na bruma, a paz imensa
pode favorecer a crença
sem estrelas intrometidas
a figura introspectiva

dançar de fumaças
o silêncio abarca
e mostra a alegria
do instante, guia.


Raquel Abrantes

Nenhum comentário:

Postar um comentário