sábado, 1 de março de 2014

Distração


me distraio...
trabalhos escrevem laudas
agendas organizam datas
louças deixam seu brilho
poeiras libertam a casa

me distraio...
a estante separa vontades
por estilo, tema, autor
livros leem meu momento;
marcam várias páginas

me distraio...
o calor solta sua brisa
e as cortinas dançam comigo
ventos fortes espalham cacos
reunidos pela ativa vassoura

me distraio...
as nuvens desenham o céu
de forma branda, acolhedora
e visto o sol ao meio-dia
natureza que consente admirar.

Distraída venço.
Desabitada, volto.

Sublimo 
meu coração ilógico.


Raquel Abrantes

2 comentários:

  1. Como sempre muito... muito linda ;no meio de tantas... mas, muito linda!!!
    bjs.
    Lia

    ResponderExcluir