sábado, 8 de junho de 2013

Amálgama

O que chega e se impõe incita o que despertou;
põe o que tem ou tira o que não botou,
fecha o que abriu ou abre o que não fechou.

Desde abril - maio, junho... mas não agosto
A gosto, não. Sim, a gosto em setembro.
É um descascar de osso, de membro.

Mesmo onde não há desgosto, 
posto que crê aquele que vê,
como ele, ela eu e você.

E as cores aos pares afastam e unem olhares
vermelho e avermelhado, amarelo e amarelado:
cor-de-burro-quando-foge, apesar de amarrado.


Raquel Abrantes

3 comentários: