terça-feira, 10 de abril de 2012

Modinha pra nadar

Por Raquel Medeiros*

O mar lá da prainha
Dedilha a modinha
Qu’ areia quente me soprou

O mar lá da prainha
Rima sal com as marolinhas
Desencaminha qualquer dor

E na onda mais torta eu digo
Que o mar é seguro e abrigo
Pra quebrar o seu pavor

Mas o mar é um perigo
Ou talvez um doce risco
Como todo grande amor


*Outros textos da escritora em http://segundaasexta.com.br/

2 comentários:

  1. Que lindo, Raquel!

    Adoro o seu quê de Mario Quintana... :)

    Obrigada pela participação!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Sempre suave, sempre mansa ao descrever escrevendo! Essa é a Raquel! Lindo texto!

    ResponderExcluir