sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

.
                            Vem para mim
                            Esse ar fresco
   que sublima TANTO calor 
                            Também aquele do meu peito 
                          Amor...
            VENTANIA de amores esparsos...
      Até que a BRISA chama 
                             PARA o instante que ficou.

Raquel Abrantes

7 comentários:

  1. muito bom! gostei do jeito que você conseguiu descrever essas horas que o vento parece que atravessa nosso corpo, refresca e espalha os sentimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelo comentário, Angelo! Obrigada! Só sei o que consegui passar quando alguém lê e comenta... esse retorno é muito importante.

      Excluir
  2. Jogar o texto de um lado para o outro para formar a palavra ventania ficou tão metalinguistico! Ou será que estou enganado?
    Muito legal!
    OBS: Vento freco para mim é azul. Teria usado essas cores no lugar do amarelo.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Obrigada! É uma ventania acalorada... ;)

      Excluir
  3. Palavra-ventania ou ventanias de palavras...
    Lindo, Raquel. na forma, no gesto, na sensibilidade.
    Tua ventania toca-me aos olhos da alma.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carlos! Sinto falta dos seus comentários... volte sempre! Bjs

      Excluir