sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

.

Foi no brilho púrpuro dos seus olhos que me deixei levar ao novo/velho caminho, onde nunca estivera apesar de muito lembrar a via transversal de um passado longínquo. A cada paralela eu hesitava, até que suas cores colocaram minha carta na rua...

Raquel Abrantes

Nenhum comentário:

Postar um comentário