segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sem mais nem menos

Assim, sem mais nem menos,
o som dispersou-se sozinho.
Nem uis, nem ais, nada mais.
Cada um seguiu seu caminho.

Assim, sem mais nem menos,
o momento se escondeu
entre gestos antigos, se perdeu,
Evitou o que anoiteceu.

Assim, sem mais nem menos,
Da intimidade restou distância,
Da saudade ficou ânsia,
Do cuidado, inconstância.

Assim, sem mais nem menos,
Sombra virou o que era vivo.
Deixou de arder, sem aviso,
Com você e comigo.

Em linhas não traçadas
Quase planos, quase nada
O silêncio se instalou, sabemos
Assim, sem mais nem menos.


Raquel Abrantes

8 comentários:

  1. ... o casual é sempre assim... "Sem mais nem menos" mas no total percebemos que sempre há mais ou menos...

    Te amo linda! To tão feliz de te ler novamente...

    vc é muito! rsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  2. Todos aqui comemorando o retorno da poeta que há em Raquel! E eu feliz por conhecer a pura essência da minha chefinha... Até então só conhecia seus textos econômicos, que me ensinaram MUITO :)

    O impacto do inevitável traz diversas sensações. Dentre elas a impressão de que poderia ter sido de outra forma, sempre poderia. A verdade é que estes "sem mais nem menos" costumam atrapalhar nosso ideal de perfeição e obriga a gente a iniciar novos ciclos, muitas vezes sem a gente querer.

    Mas a vida é isso mesmo e, sejamos realistas, são a mais pura inspiração dos nossos melhores escritores.. :)

    Parabéns pelas palavras escolhidas! São lindas!! Saudades!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Raquel! Muito! beijos

    ResponderExcluir
  4. MINHA LINDA ,VIAJO EM SUAS PALAVRAS! SENSACIONAL!

    ResponderExcluir
  5. SABE SUA HAIR STILYST AINDA NAO SABE POSTAR DIREITO E SAIU COMO ANONIMO,AGORA VAI!LINDA CONTINUE COLOCANDO PRA FORA ESSA SUA ESSENCIA MARAVILHOSA,ESSA COISA QUE NAO ACREDITAMOS NAO EXISTIR MAIS! AI,O AMOR DESTROÇA,ARRASA,ATROPELA NOS DEIXA TAO ASSIM...MAS O QUE SERIA VIVER SEM ESSE MESMO AMOR...MARCIA.

    ResponderExcluir
  6. Lindo esse texto. Sem mais nem menos eu me pego me vendo nas palavras, na significancia do significado de sem mais nem menos entender que o que ja nao eh nunca teria sido se eu nao tivesse acreditado tanto que tudo poderia ser! =*

    ResponderExcluir
  7. Olá Raquel.
    Da livraria para o blog ou, do papel amontoado para dentro da letra da poesia, cá estou! rs

    Adorei essa! Estou aqui, com uma xícara de café e lendo.

    Abraços,

    Igor

    ResponderExcluir