sábado, 16 de maio de 2009

.

Saudade do que
não lembro mais
sonhei perder
esqueci conquistar
A vida não vivida
vivências mal-ditas
Quase sórdido
tempo fluído
estampado
na marca de batom
que o vermelho deixou
temporariamente
em sua lembrança.


Raquel Abrantes

3 comentários:

  1. Só se tem msm saudade do que é bom!
    Saudade é querer viver de novo!
    É nostalgia saudável!

    Adoro de paixão seu blog!
    Beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  2. Que bonito isso.
    Nostalgia com um toque de melancolia!

    também gosto muito daqui!

    ResponderExcluir