domingo, 27 de maio de 2012

Sonoros passos

Sonoros passos
me seguem pela casa
até o canto escondido
do sentimento
Sonoros passos
a cada pegada
foram comigo
através do tempo
Sonoros passos
encontrados perdidos desencontrados
de vozes próprias
que foram por si
um dia impróprias
marcaram os dias
entranhados deliciosos comemorados
entre horas marcadas
e instantes macabros
marcaram
com proibidas doses
de acasos futuros 

Sonoros passos
com firmeza e maciez
passados...
em lúcida embriaguez
voltam de repente.


Raquel Abrantes

Nenhum comentário:

Postar um comentário