domingo, 25 de março de 2012

.

O olhar da menina parecia abrir as portas da casa, um lugar agora pouco arejado pela vontade esquecida daqueles moradores. Quando chegava, a luz entrava imediatamente na vida dos velhos tios, mostrando que a felicidade pode ser simples. Como uma tarde no campo.


Raquel Abrantes

Nenhum comentário:

Postar um comentário